Google oficializa encerramento da rede social Google+ após vazamento de dados

Após o aviso feito pelo Google, a empresa encerrou no dia 2 de abril de 2019 a rede social Google+. Mesmo com todas as contas encerradas, o Google informou que os dados do perfil ainda poderão ser acessados pelos usuários que quiserem fazer o download de seus arquivos. Para isso, a empresa disponibilizou o seguinte link de acesso.

O encerramento do Google+ foi anunciado pelo Google ainda em janeiro deste ano. No entanto, a decisão de acabar com as operações da rede social havia sido tomada ainda em outubro de 2018, quando o Google considerou que a plataforma não atendia às necessidades de seus usuários e nem mesmo era tão utilizada por eles.

A criação dessa rede social teve como objetivo concorrer com a rede social mais famosa atualmente, o Facebook. Logo que o Facebook surgiu o Google decidiu que deveria criar uma plataforma concorrente, considerando que o Orkut também já tinha chegado ao fim.

Como estratégia de inclusão na rede social, o Google optou por integrar automaticamente os usuários que tinham um endereço de e-mail no Gmail, sendo assim, todas as contas nesta plataforma já contavam com um perfil na rede social. Por isso, se você nunca ouviu falar no Google+, mas tem uma conta no Gmail saiba que você já tinha uma conta na rede social sem nem mesmo ter usado uma única vez.

O problema de integrar essas informações de forma automática é que os dados dos usuários ficaram muitos mais vulneráveis. Até que entre 2015 e 2018 houve diversas notícias informando que dados de usuários vazaram na internet. Com isso, a rede social ficou muito fragilizada, perdendo os poucos usuários que ainda utilizavam a plataforma.

Esse escândalo de dados que vazaram atingiu meio milhão de pessoas, sendo que diversas informações sobre esses usuários apareceram na internet de forma exposta. Nem todos esses usuários usavam a rede social ou já tinham acessado a plataforma, pois a conta de qualquer inscrito no Gmail já era integrada ao Google+. Sendo assim, pessoas que nem mesmo usavam o Google+ tiveram suas informações pessoais expostas durante o vazamento.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *