Otimização de processos: a sua empresa já fez isso?

Há muitas organizações deixando de ganhar dinheiro por não investirem em tecnologia. Pelo menos é isso que diz o estudo da Confederação Nacional da Indústria (CNI), intitulado “Oportunidades para Indústria 4.0: aspectos da demanda e oferta no Brasil”. Esse termo, Indústria 4.0, que também é chamado de Quarta Revolução Industrial, começou a ser usado no ano de 2011. Ele se refere à aplicação de tecnologias para automação em empresas, que incluem computação em nuvem e internet das coisas.

Ainda está confuso com todos esses termos? Então veja mais sobre a otimização de processos e as vantagens trazidas por ela.

De acordo com as notícias sobre o tema, otimizar é aplicar técnicas ou fazer uso de ferramentas para tornar o processo ideal. A ideia da otimização de processos é lançar mão de alternativas que diminuam a perda de tempo, o desperdício de mão de obra humana e os gastos desnecessários. Esse pontos estão diretamente ligado à produtividade da empresa e ajustá-los ajuda a alcançar resultados melhores.

Além disso, a otimização permite uma melhor visualização do cenário da empresa, ajudando o gestor a tomar decisões mais assertivas e corrigir problemas de forma eficiente. Tudo isso só é possível com o uso de ferramentas atualizadas e eficazes, que façam um completo mapeamento de todos os setores.

Mas porque tudo isso é importante? A concorrência aumenta a cada dia e terá sucesso nessas disputas a empresa que tiver melhor controle dos seus processos e ações. Isso só é possível quando os dados são facilmente visualizados, possibilitando que o gestor veja a empresa como um todo e possa identificar as alterações necessárias.

Além disso, essa otimização permite que o colaborador gaste menos tempo executando atividades administrativas, o que resulta em aumento da produtividade, graças à desburocratização interna.

Empresas que são otimizadas conseguem alinhar os processos e focar no que realmente importa. Isso possibilita a implementação de estratégias organizacionais consistentes, focadas nos resultados desejados.

Donata Meirelles – conheça um pouco da história de um dos nomes fortes da moda nacional

Há mais de 30 anos atuando no mercado da moda, Donata Meirelles é um ícone em seu segmento. Tudo o que a editora de estilo da Vogue Brasil veste é foco na mídia especializada, principalmente nas redes sociais e blogs. Conheça um pouco mais de sua trajetória profissional nas próximas linhas.

Boa parte da carreira passou na loja de roupas e acessórios de luxo Daslu. “ “Eu era cliente, virei vendedora” ressalta Donata que enfatiza nunca ter sido sócia da empresa. Foram 23 anos dedicados a uma das boutiques mais famosas do país.

Durante esse tempo coordenou mais de 400 colaboradores, chegou a viajar oito vezes por ano para frequentar os desfiles mais prestigiados do mundo. Donata revela que o Plano Collor permitiu às importações. Nesse período ela passou a escolher as marcas internacionais que seriam vendidas no Brasil.

Seu tempo era dividido entre a boutique e a criação da filha, Heleninha Bordon. Não eram raras as vezes que a menina acompanha a mãe em seus compromissos. Uma história marcante ocorreu em Milão quando Heleninha e as filhas de Eliana Tranchesi (proprietária da Daslu) brincavam de “fazer pedidos” no showroom dos estilistas Dolce&Gabbana.

A Vogue

Há pouco mais de seis anos Donata Meirelles iniciou trabalhar na Vogue como editora de estilo. O convite foi feito por Daniela Falcão, diretora da Globo C. Nast. Apesar de não ter formação em jornalismo, Donata acredita ter saído bem, atribuindo o bom desempenho aos anos de experiência com o mercado de moda.

Ela conta que sua missão era trazer o olhar do público para a revista. “Tive que pensar fora da casinha”, conta. O intuito era gerar receita por meio da força que a marca possui. O que fez com que a então diretora de estilo tivesse que entrar de cabeça na parte de eventos da Vogue.

A marca criou uma plataforma de eventos em que os profissionais viajam todo o território nacional desenvolvendo ações promocionais e eventos ligados à moda. Uma dessas ações, realizadas em Goiânia reuniu mais de 70 mil pessoas em apenas um dia. Os lojistas participantes e aqueles que realizaram ações paralelas registraram faturamentos muito bons, que só perderam para o natal.

O que Donata veste e os eventos que participa figura entre blogs, sites, revistas de moda e jornais. Recentemente ela recebeu alguns jornalistas e blogueiras no QG do F*Hits no Hotel Unique. Durante o encontro, ela falou um pouco sobre moda, o look que estava usando e seu cotidiano. Na ocasião ela defendeu que a mistura reflete a cara da mulher brasileira e que o segredo de um bom look é saber dosar seu estilo com as tendências.

Donata Meirelles também registra seu cotidiano nas redes sociais. No Instagram, por exemplo, compartilha fotos do seu dia, dos eventos que participa, dá dicas para a combinação de looks. Já no Facebook, o conteúdo é mais informativo. Também compartilha suas participações em eventos sociais, um deles foi o baile da AmfAR, ong norte-americana que promove ações para arrecadar fundos para pesquisas de cura da Aids.

Magento: dicas para melhorar drasticamente as vendas

Projetado exclusivamente para sites de comércio eletrônico, o Magento é uma das plataformas mais poderosas da internet para sites. Se você está executando uma pequena loja ou um grande negócio de compras on-line, Magento oferece a flexibilidade e personalização para ser perfeito para as necessidades de qualquer pessoa. Sem surpresa, então, cresceu enormemente em popularidade e economia desde o seu lançamento em 2008.

No entanto, também é verdade que alguns dos sites que utilizam o Magento não estão necessariamente usando-o em todo o seu potencial. Se você gerencia um site de comércio eletrônico baseado em Magento, mas gostaria de obter mais dele, aqui estão dicas fantásticas que podem fazer uma enorme diferença em suas vendas.

Estruture seu site para SEO – A primeira coisa a notar é que o Magento é uma plataforma que pode ser otimizada perfeitamente para otimização de mecanismos de busca (SEO) para garantir que ele se classifique muito bem. No entanto, isso não acontecerá necessariamente automaticamente, e você precisa se certificar de que está fazendo tudo o que puder para tornar mais fácil para os mecanismos de pesquisa rastrear seu site corretamente.

Muito disso pode se resumir à estrutura geral do site. Por exemplo, se você estiver trabalhando em sua árvore de categorias, precisará lembrar que, além de ser excelente para os usuários, as categorias devem beneficiar seu SEO segmentando palavras-chave diferentes. Certifique-se de que todas as suas categorias de nível superior sejam genéricas e abrangentes. Em seguida, você pode adicionar níveis e segmentar palavras-chave de nicho em subcategorias.

Invista em hospedagem gerenciada – Um aspecto que pode fazer uma enorme diferença em um site Magento é ter uma solução de hospedagem na web adequada e otimizada para o seu negócio. Magento é uma plataforma tão bem sucedida e popular, pois oferece ampla personalização e recursos opcionais. No entanto, o tamanho da plataforma e os extras significam que a plataforma é incômoda e intensiva, o que significa que, se você deseja que seu site funcione da melhor maneira possível, é necessário um pacote abrangente de hospedagem na Web focado no Magento .

Um excelente pacote de hospedagem não apenas garante que você trabalhe com uma empresa que entende o Magento, mas também significa que você pode dimensionar seus negócios conforme necessário, sem precisar fazer alterações em sua infraestrutura interna.

O que são soluções de pagamento móvel?

Descubra o que é uma solução de pagamento móvel e os diferentes tipos, incluindo faturamento direto via celular, WAP, NFC sem contato e códigos QR.

As soluções de pagamento móvel estão animando as pessoas, até porque a notícias e tecnologia são tão impressionantes. É claro que as metas de vendas não são atendidas apenas com tecnologia impressionante, por isso, é preciso haver alguns benefícios reais para os pagamentos móveis, especialmente para pequenas empresas.

Então, como os pagamentos móveis ajudam as empresas? Depende do método usado. No momento, a maioria das empresas costuma usar:

– Cobrança direta de celular;

– Pagamentos via web para celular;

– Códigos QR.

Vamos analisar com mais profundidade esses modelos e como eles podem afetar as pequenas empresas em particular.

Cobrança direta de celular. O faturamento direto via celular permite que os sites de comércio eletrônico ofereçam aos clientes uma opção de pagamento que não requer preenchimento de formulário ou login em outro serviço. Os clientes são cobrados em suas contas de celular depois de concluírem um processo de autenticação de dois fatores que exige um PIN e uma senha única para que eles possam concluir sua transação segura em menos de 10 segundos.

Pagamentos via web para celular. Para usar pagamentos pela Web para celular, os clientes precisam visitar uma página da Web dedicada em seu celular ou fazer o download de um aplicativo. Os clientes podem pagar através de sua operadora de celular, cartão de crédito ou carteiras on-line.

Essa tecnologia permite que os clientes marquem páginas de pagamento, recebam comunicações de marketing diretamente do aplicativo e ofereçam processos de pagamento com os quais o cliente esteja familiarizado. Tudo isso pode gerar vendas repetidas e pode até aumentar as visitas a lojas físicas.

Códigos QR. Os códigos QR são reconhecidos principalmente como dispositivos de marketing, mas também podem ser usados ​​para fazer pagamentos móveis. Os códigos QR funcionam quando o celular escaneia o código, em vez de fazer um leitor escanear o telefone, de modo que os códigos QR podem ser usados ​​para fazer pagamentos on-line e na loja. Essa é uma ótima opção para empresas que têm facetas on-line e do mundo real, pois precisam usar apenas um sistema para todos os pagamentos móveis.

Saiba mais sobre a compra de empresas argentinas por parte da CVC Turismo, fundada por Guilherme Paulus

A Argentina foi o país escolhido por dirigentes da CVC Turismo para a compra de duas companhias. Criada pelo empreendedor Guilherme Paulus, a companhia brasileira passou a comandar 60% das duas empresas adquiridas. Os nomes das corporações em solo argentino são Biblos e Ola Transatlántica. Juntas elas foram responsáveis pela movimentação de quase 20 milhões de dólares, quando foram compradas pelo conglomerado em questão.

Nos dias atuais, o executivo que preside a CVC Turismo é Luiz Falco. Ele esclareceu que, embora as condições da economia argentina não sejam favoráveis à realização de diversos negócios, neste caso específico, elas foram propícias. A declaração surgiu em meio a uma entrevista que o executivo concedeu à versão digital do Valor Econômico. Ele ainda acrescentou que desde o início de 2018 especulava-se a compra de companhias desse porte, a fim de expandir a corporação para além do território brasileiro.

Acrescentar maior valor às operações da CVC Turismo foi um dos propósitos almejados pela diretoria, salienta Guilherme Paulus. Tanto na época em que as empresas foram compradas, quanto nos dias atuais, a companhia brasileira já possuía o empresário no cargo de presidente do Conselho de Administração da organização. Além de aumentar o alcance da empresa, o executivo destacou o fato desta ingressar no mercado internacional. Assim sendo, Luiz Falco frisou que a consolidação das compras seria representada em documentos de ordem financeira do grupo.

Das aquisições, que movimentaram vultosas quantias, Luiz Falco espera que haja um retorno expressivo. O presidente da CVC estipula que cerca de 17 bilhões de reais possam integrar o faturamento da companhia. Para o ramo de turismo, Falco disse acreditar que os reveses econômicos da Argentina não abalem tanto as operações do meio. Ele vê as oscilações cambiais como algo que não irá se instalar permanentemente no segmento.

Em relação às ofertas de pacotes turísticos para brasileiros, Falco pontua que houve uma espécie de barateamento dos preços. Isso, segundo ele, pode ser percebido por meio de transações turísticas que podem ser feitas pela metade dos valores costumeiros. Já em relação aos turistas argentinos, ele esclarece que boa parte prefere viajar portanto dólares, ação que tende a favorecer o segmento.

O ingresso no segmento turístico argentino só seria rentável se o grupo brasileiro conseguisse efetuar a compra de mais de uma companhia, destacou Falco. Tal medida se mostrou fundamental para que a porção argentina do negócio conseguisse se manter economicamente alinhada com a estrutura presente no Brasil, informou o executivo da CVC Turismo. Ele também comunicou que foi necessário esperar até que o melhor momento econômico para fechar negócio chegasse.

Os dirigentes da CVC Turismo, ao fazerem prospecções sobre o desempenho da companhia, agora aumentada em razão das aquisições, esperam que esta consiga se tornar a terceira maior de todo o território argentino. Caso tal estimativa venha a se concretizar, as vendas de pacotes turísticos e demais serviços gerariam para o grupo fundado por Guilherme Paulus, uma lucratividade que ultrapassaria 500 milhões de dólares.

O aumento da companhia, conforme Falco, traria benefícios aos turistas que partem do Brasil, uma vez que estas pessoas poderiam viajar com preços mais em conta. Além dessa questão, a empresa fundada por Guilherme Paulus também agiria no sentido de suscitar melhores condições de operações para todas as companhias aéreas que estivessem vinculadas às atividades do grupo, finaliza o presidente da CVC Turismo.

Como manter os dados de sua empresa seguros

Limitar o acesso a dados financeiros – Minimize o número de pessoas que têm acesso a conteúdo de economia ou pessoal confidencial – quanto menos pessoas tiverem credenciais de login nesses dados, mais difícil será para os criminosos comprometerem os dados.

Desconfie de aplicativos baixados – Fique atento ao comprar e instalar aplicativos de lojas de aplicativos on-line e verifique se eles vêm de uma fonte confiável para evitar infecções por malware.

Desenvolver uma abordagem em camadas para segurança – Isso significa a integração de várias formas de tecnologia para proteção máxima, incluindo proteção da Web, e-mail, dados e dispositivos móveis.

Fale com um especialista em quem você pode confiar – Todos os sistemas de segurança em camadas estão amplamente disponíveis, mas se você preferir implantar tecnologia separada para diferentes áreas, consulte um especialista em segurança, pois podem ocorrer vulnerabilidades se a tecnologia não estiver bem integrada. Se você acha que não tem o conhecimento técnico necessário para implementar uma política de segurança eficaz, considere pedir a um membro da equipe que tenha interesse em TI para ajudá-lo no processo de tomada de decisões.

Inscreva-se para um voucher de inovação em segurança cibernética – O Technology Strategy Board apresentou recentemente o Innovation Vouchers for Cyber ​​Security, um esquema para PMEs, empreendedores e empresas iniciantes que podem concorrer a até £ 5.000 para melhorar sua segurança cibernética com a ajuda de especialistas terceirizados.

Não há dúvidas de que suas necessidades de segurança mudarão à medida que você cresce, mas tomar medidas abrangentes antes que sua infraestrutura se torne grande demais para ser gerenciada com eficácia ajudará a longo prazo. Muitas soluções de segurança disponíveis atualmente são altamente escalonáveis ​​e podem se adaptar às mudanças que a nova tecnologia e os riscos de segurança em evolução podem impor aos seus negócios. A maioria das empresas britânicas não confia em nada além de sorte para protegê-las contra ameaças de cibercrime. Coloque medidas em prática agora, para que a sua sorte não se esgote. A segurança está se tornando cada vez mais importante com o passar do tempo, mas vai além de se proteger contra ataques cibernéticos. Leia nosso post sobre como proteger seu equipamento de tecnologia.