Mercado automotivo: revista premia executivo Carlos Alberto de Oliveira Andrade

Tratando especificamente de acontecimentos inerentes ao meio automotivo, a revista Autoesporte, da Editora Globo, realizou sua 52º edição do principal prêmio entregue por membros da publicação: o “Carro do Ano”. Em 2018, Carlos Alberto de Oliveira Andrade foi listado para receber uma premiação por ter sido o vencedor na subcategoria “Melhor Executivo do Ano”. O empresário fundou a CAOA, uma companhia que atua em parceria com a gigante Chery, cuja sede localiza-se na China.

Antes dos veículos chineses, Carlos Alberto de Oliveira Andrade já se mostrava animado com lançamentos de automóveis. No passado, entretanto, os seus prediletos eram os fabricados sob o modelo Ford Landau. Tamanha empolgação com este ramo fez com que o empreendedor abdicasse de suas funções como médico cirurgião, a fim de que pudesse estar em maior contato com o segmento automobilístico. Assim sendo, deu início às atividades de revenda em sua primeira corporação.

Carros provenientes da França também foram trazidos pelo empresário. Tal realização refere-se ao fato da Renault ter firmado uma parceria em que viabilizou a venda de todos os seus modelos de veículos produzidos. Tempos depois da consolidação de negócios com os franceses, Carlos Alberto de Oliveira Andrade voltou suas atenções às negociações com a Hyundai. De forma gradativa o executivo conseguiu com que todos os mecanismos de produção da empresa fossem instalados no Brasil.

Depois de fundar e presidir a CAOA, o empreendedor tomou novos rumos na organização. Ainda exercendo um papel fundamental para a companhia, ele agora se vê envolvido com as tarefas que possui como presidente do Conselho Administrativo da representante da Chery no Brasil. O local adotado para a sede da revenda foi Goiás, já para o parque fabril da montadora, o estado de São Paulo foi escolhido para tal.

Com o passar do tempo, houve uma disponibilização massiva aos consumidores brasileiros de modelos fabricados pela Chery. Desse modo, o público do país passou a ter mais opções de carros para escolha, além de um volume maior de unidades. Com isso a empresa tornava real um minucioso planejamento voltado à ampliação da presença da companhia em âmbito mundial. A empresa chinesa, no entanto, não foi a única a ser trazida pelo executivo. A Hyundai é um exemplo disso, pois houve sua instalação em uma área de Goiás através do empreendedor.

Além do troféu obtido em 2018, Carlos Alberto de Oliveira Andrade possui outras menções honrosas em sua trajetória. Em 2012, por exemplo, o segmento automotivo voltou as atenções para o desenvolvimento da Hyundai, que contou com a ação do executivo. Dessa maneira, ele recebeu a classificação de “Distribuidor do Ano”. Neste caso, outros executivos ao redor do mundo participaram da premiação. O empresário também já participou de uma negociação em que houve grande movimentação de capital. Trata-se da implementação da montadora Chery no país, ocasião em que US$ 400 foram transacionados.

O veículo Tiggo2 foi eleito o carro mais comprado pela clientela brasileira da marca Chery. Com características próprias de um Crossover, trata-se atualmente do principal produto totalmente produzido e posto à venda em território brasileiro.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *