Comércio tem grande importância no desenvolvimento econômico destaca Ministro

Durante a terceira edição do Fórum Nacional do Comércio, o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, palestrou sobre o Plano Progredir, que foi realizado na Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas. O ministro, na ocasião, convocou diversos empresários para apoiarem o governo em suas ações, e o comércio varejista vem em destaque na geração de empregos e no desenvolvimento econômico social.O Fórum criado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas, a CNDL, tem como objetivo realizar encontros para discutir sobre a economia do Brasil e a ampliação do debate para a esfera política, economia e institucional. O propósito é submeter o poder público a ofertar propostas que assegurem a competitividade das empresas nos setores de comércio e serviços. Ao todo são 27 Federações Estaduais e 1870 Câmara de Dirigentes Lojistas que compõem a CNDL em todo país.

O objetivo é estabelecer uma parceria dos setores públicos e privados na ampliação do acesso dos beneficiários do Programa Bolsa Família no ingresso ao mercado de trabalho. O ministro disse que se pelo menos 10% das oportunidades de trabalho do setor forem voltadas aos beneficiários do Bolsa Família, qualificados de acordo com a necessidade local, as pessoas irão progredir e esse é o objetivo verdadeiro dos programas sociais.

A facilitação do acesso às vagas de emprego e às estratégias do Plano Progredir, prevê o estímulo dos jovens nas áreas tecnológicas, a oferta de microcrédito e a premiação dos prefeitos nas ações para aumento da renda dos mais necessitados com futuras perspectivas. Terra diz que as lojas e empresas que fizerem essa parceria irão receber um selo de colaboração da área social.

O tom de otimismo que percorre o cenário econômico ficou claro na cerimônia de abertura do evento, com relação aos rumos que o país anda tomando. São 1 milhão de empresas e 6 milhões de empregos em todo o país, no setor de comércio e serviços. De acordo com Honório Pinheiro, presidente da CNDL, os números devem aumentar com a retomada de crescimento do país. Honório ressalta que estamos vivendo um momento de retomada que vem deixando os trabalhadores, empresários e investidores mais confiantes na economia do país. Isso trará geração de emprego e renda, o suficiente para absorver a mão de obra desempregada que anda contida.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *