Conheça o Cidade Parque Jardim, empreendimento com a marca de José Auriemo Neto

Em 2006 foi inaugurado um marco arquitetônico do luxo paulistano, o Parque Cidade Jardim, complexo na Marginal Pinheiros que reúne um shopping de alto padrão, torres residenciais, comerciais e um hotel. A ideia foi de José Auriemo Neto, presidente da JHSF Participações. Conheça um pouco mais sobre o empreendimento e do executivo que ficou conhecido como rei do luxo paulistano.

O Parque Cidade Jardim

José Auriemo Neto conversou com o pai, Fábio Auriemo, a respeito de um terreno de 80 mil m² na Marginal Pinheiros que daria um ótimo empreendimento. Inicialmente ele não agradou, mas logo foi convencido e então o terreno foi adquirido da Eletropaulo pelo valor de R$ 50 milhões. Começava aí o Parque Cidade Jardim, que levou pouco mais de 4 anos para ficar pronto e na época que foi entregue foi avaliado em R$ 1,8 bilhão.

O complexo permite morar, trabalhar, fazer compras, se divertir, estudar sem que tenha que usar o carro para isso. A ideia logo agradou e pouco depois da entrega, quase 80% das 322 unidades já estavam vendidas. O apartamento mais barato custava, na época, R$ 2 milhões, enquanto a unidade mais cara, um triplex de 1,8 mil m², foi vendida R$ 18 milhões.

O destaque fica por conta do shopping de luxo, que conta com 48 mil m² e mais de 1800 lojas das mais variadas, além de agências bancárias, academias, universidades, restaurantes, entre outras opções de lazer e compras. Entre as lojas estão a joalheria Tiffany e as butiques Gucci, Daslu e Salvatore Ferragamo.

O modelo do Parque Cidade Jardim foi idealizado com base em outro empreendimento multifunções, o Roppongi Hills no Japão. O complexo reúne em um só endereço apartamentos, escritórios, lojas comerciais, restaurantes e um museu e levou 17 anos desde sua concepção até a inauguração, custando US$ 4 bilhões. O responsável é Minoru Mori, um empresário japonês que atua no ramo imobiliário.

Quem é José Auriemo Neto

Zeco, como é chamado pelos mais próximos, é um executivo que tem muita disposição para o trabalho. O presidente de uma das maiores incorporadoras da América Latina, a JHSF, costuma acordar cedo e pouco depois das 8 horas da manhã já está trabalhando em seu escritório em uma movimentada rua da capital paulista.

O expediente do empresário é envolvido por reuniões com acionistas, relatórios, visitas aos canteiros de obras e não são raras as vezes que se estende até a noite, com jantares de negócios ou alguma apresentação a investidores. É uma jornada que por vezes dura mais de 14 horas por dia.

José Auriemo Neto costuma dizer que no ramo que atua é 10% inspiração e 90% transpiração. Começou cedo na empresa da família e com 17 já havia aberto a subdivisão de estacionamentos da companhia. Com 27 chegou a presidência da JHSF, sucedendo o pai. A partir daí ampliou o leque de atuação, passando a controlar e administrar shopping centers, hotéis, restaurantes e até um aeroporto.

José Auriemo Neto é um exemplo a ser seguido, não apenas pela disposição para o trabalho, como também pela vontade de realizar grandes feitos e de não desistir por qualquer obstáculo.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *